FX Studios - Fórum
Olá,

Seja bem-vindo (a) ao FX Studios
Você só poderá postar mensagens ou criar fóruns se tiver registrado no nosso fórum
Se ainda não tem conta clique em "Registrar-se"
Se já tiver basta fazer login,
Não é necessário ativar sua conta, é só se registrar e logar
Se preferir, conecte usando o Facebook
Muito obrigado pela sua visita.

Jump to content

Bem-Vindo ao FX Studios Fórum!
Cadastre-se agora para obter acesso a todos os nossos recursos. Uma vez cadastrado e logado, você será capaz de criar tópicos, postar respostas a tópicos já existentes, ganhar reputação e competir com seus companheiros, receber e enviar mensagens privadas para outro usuário, atualizar status, modificar o seu perfil e muito mais. (Essa mensagem será removida após logar-se.)
Entrar Criar uma conta!

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1
 
Tiagu

avatar
Membro Silver
Membro Silver
A pirataria pode estar cada vez mais próxima dos conteúdos produzidos em formato Blu-ray. O novo padrão mundial para vídeos e filmes em alta definição foi quebrado por pesquisadores da Universidade de Ruhr, na Alemanha. Em tese, usuários poderiam interceptar os sinais de áudio e de imagem transmitidos por meio da tecnologia HDCP e reproduzi-los em outro lugar.

A descoberta coroa a publicação da chave do HDCP, que ocorreu no ano passado. À época, existia a impressão de que copiar conteúdos armazenados em um disco Blu-ray seria um processo fácil. Entretanto, quem tentou a façanha esbarrou no alto custo de produzir uma placa capaz de quebrar a criptografia do Blu-ray e do HDCP.

Os estudantes quebraram a criptografia do Blu-ray ao adotar uma solução de hardware que custa cerca de € 200, aproximadamente R$ 495. O valor é considerado baixo em relação ao que custaria para produzir uma placa especificamente para essa finalidade. A própria Intel, criadora do HDCP, desafiou que alguma empresa de chips se aventurasse a fabricar uma solução de hardware economicamente viável com esse objetivo.

Pelo que o professor responsável pelo projeto explicou, a placa fica entre o aparelho de Blu-ray e a televisão. Basicamente, ela consegue detectar e decodificar os sinais enviados do leitor para o televisor. Nessa etapa, é fundamental que a placa escolhida pela equipe não fosse detectada, o que faria com que a troca de dados ficasse bloqueada.

Além disso, o professor disse que a iniciativa não teve fins pirateiros. Foi somente para provar que, do ponto de vista técnico, o desafio feito pela Intel não só foi possível, como o estudo feito por eles está aí para provar.

Via [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.].
________________________________________________________________________________________________________

Creditos:TechTudo Thássius Veloso


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

 

Bem-VindosSe você ainda não tem uma conta, clique aqui para fazer uma.